Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Paróquia Cristo Redentor celebra os 10 anos de ordenação sacerdotal de Pe. Carmelo

Na noite desta sexta-feira (07/07), a Paróquia Cristo Redentor, localizada na rua Doutor Gentil Bittencourt (mais conhecida por Av. O), s/n°, bairro alvorada 3, esteve em festa para celebrar a missa de ação de graças em comemoração aos 10 anos de ordenação sacerdotal (jubileu de estanho) do seu pároco, Pe. Carmelo Rivera da Congregação do Espírito Santo (CSSp) e natural de Porto Rico, que há sete anos e meio está comandando paróquia e suas seis comunidades eclesiais. Atualmente também atua como coordenador do Setor Alvorada da Arquidiocese de Manaus.

Antes de assumir como pároco de Cristo Redentor, trabalhando desde fevereiro de 2010 ao lado de Pe. Gaspar (vigário paroquial), Pe. Carmelo também atuou cerca de seis meses na prelazia de Tefé, na paróquia de Maraã e quase dois anos na paróquia de Fonte Boa. De lá seguiu para Manaus onde continua fazendo um ótimo trabalho junto as pastorais e grupos das comunidades que, demonstraram todo seu carinho ao pároco, realizando uma bela celebração contando com a presença de representantes do setor, religiosas, família dos espiritanos e até amigos vindos das paróquias de outros setores. Ao final da celebração, todos foram convidados a participar de um delicioso jantar de confraternização com toda a comunidade.

“Nos preparamos durante dois meses, com encontros, reuniões e ensaios para fazer uma festa surpresa bem bonita para o padre, hoje mesmo tivemos um dia muito intenso com toda a paróquia unida da ornamentação da igreja e do centro paroquial”, comentou Adilson Mendonça, coordenador da equipe de liturgia. “Foi um momento bonito, de unidade e muita fé, de muita emoção e agradecimento a Deus pela caminhada sacerdotal do nosso padre e eu vejo que a paróquia Cristo Redentor tem uma ligação forte com o pároco que, destes 10 anos de ordenação, a maior parte do tempo foram passados nesta paróquia. Por isso, nada melhor do que celebrar e agradecer ao padre Carmelo pelo trabalho missionário que está realizando em nossa cidade”, comentou Carlos André, leigo coordenador de pastoral do setor alvorada.

E foi realmente um santa missa, com vários momentos de homenagens e fortes emoções, Pe. Carmelo não escondia a emoção do momento e, ao final da celebração agradeceu a todos de forma calorosa pelo carinho e, revelou que mesmo com todos os “cuidados”, conseguiu perceber que uma surpresa estava vindo. “Bom, não foi surpresa pois eu percebi que o pessoal já estava organizando essa confraternização e eu também já estava emocionado por esta completando uma década de sacerdócio, uma data muito especial para quem está começando, pois sempre estamos procurando a nos fortalecer, crescer na fé e nos aprofundar dentro dos mistérios de Deus como sacerdote e assim construir a casa sobre a rocha, para se sentir seguro na vocação missionária e sacerdotal que sempre é uma descoberta”, disse.

Um breve histórico

Nascido em Porto Rico, o padre Carmelo Rivera Amézquita, estudou no Seminário Do Espírito Santo em Porto Rico, Noviciado Internacional em Trinidad & Tobago, Estágio Missionário no México, sendo ordenado no dia 07 de julho de 2007, em Dorado, Porto Rico (Arquidiocese de San Juan) com o lema: “Não foi vocês que me escolheram, fui eu que escolhi vocês” (Jo 15, 16). De acordo com o padre, sua escolha pelo caminho sacerdotal foi por meio da participação assídua nas atividades eclesiais, e ao conhecer os Missionários Espiritanos deu-se o interesse olhando a Vida Internacional em Comunidade dos membros da Congregação e através da escuta dos diferentes testemunhos missionários, incluindo testemunhos de Missão na Amazônia.

Entre as vitórias que teve como pároco, destaca-se o comando da coordenação do setor alvorada e o aumento significativo no dizimo da paróquia. “Desde quando eu e meu colega, Pe. Gaspar, assumimos a paróquia, já tivemos um crescimento de 168% do dízimo, graças a conscientização dos fiéis, também já realizamos inúmeras formações sobre: liturgia; pastorais; a realidade da Arquidiocese; trabalho com o IVC (Iniciação à Vida Cristã), sobretudo na Catequese; além da finalização da construção da casa paroquial, climatização e reformas de capelas e centros de pastoral, animação da juventude através da criação de cinco novos grupos de jovens, etc”.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz