Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Arcebispo dá posse ao novo pároco da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré Pe. Daniel

A comunidade católica da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, setor Parque Dez da Arquidiocese de Manaus, esteve reunida na manhã do dia 2 de julho, na missa das 8h, para acolher o novo pároco o padre italiano missionário do Pontifício Instituto das Missões Estrangeiras (PIME), Daniel Curnis, e o seu vigário, padre Paulo Prashanth.

A celebração foi presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Sergio Castriani, e  concelebrada por Dom Mario Pasqualotto (PIME), bispo Emérito de Manaus; Pe. Genaro Tesauro (Salesiano) Padre Mario Missiato (PIME); Padre Daniel Curnis (PIME); Padre Luís Sousa (Paróquia São Raimundo Nonato); Padre Mauro Romanello (PIME), Padre Francisco Bettani (PIME); Padre Paulo Prashant (PIME); e Padre Daniel, vice-superior do PIME no Brasil;   auxiliados pelo Diácono Luis Lima.

Durante a homilia, Dom Sergio afirmou que esta posse ocorreu em uma data importante para a Igreja católica em que se celebra dois apóstolos, Pedro e Paulo, que são exemplo a serem seguidos pois foram fundamentais para o início da Igreja e morreram por ela.  Segundo ele, a Paróquia Nossa Senhora de Nazaré tem características especiais, primeiro por ser missionária e seu pároco nunca está sozinho por ter o apoio de seus confrades do PIME, a quem está confiada; e segundo porque, assim como os padres que passam por aqui, ela é além fronteiras e ela nunca deve deixar de ser missionárias, assim como foi Pedro, Paulo e são os padres do PIME.

“Deus nos dá a alegria de festejar no mesmo dia Pedro e Paulo. Pedro foi instituído pedra fundamental da Igreja e Paulo foi o anunciador do Evangelho de salvação e estes são exemplos a serem seguidos pois deram a vida pela Igreja, tanto que foram martirizados”, destacou Dom Sergio.

O novo pároco foi empossado  pelo arcebispo metropolitano, Dom Sergio Castriani, conforme a provisão dada e passada na Cúria Metropolitana de Manaus, no livro 14, folha 30, n. 939, 2 de julho de 2017. Diante do arcebispo o padre Daniel renovou as suas promessas sacerdotais, e recebeu os três símbolos de sua nova missão na paróquia:  estola sacerdotal, chave do sacrário, visto que ele é o guardião da eucaristia, fonte da vida Cristã; e a palavra de Deus, pois o padre deve ser sempre o anunciador do Evangelho.

Após a posse, houve a leitura da Ata de Posse, passada na Cúria Metropolitana de Manaus, no livro 14, folha 30, n. 940, 2 de julho de 2017. Em seguida, a comunidade fez uma breve acolhida, em que afirmou ter uma grande alegria em receber o padre Daniel na paróquia e por ele aceitar assumir o desafio que é a ação evangelizadora que faz com que jamais desapareça a chama da fé nas quatro comunidades vivas e dinâmicas, resultado do trabalho dos padres missionários que por lá passaram. Ressaltou a importância de dar continuidade às ações que geraram frutos como a  preocupação especial na integração das comunidades, de acordo com o conceito de Comunidade de Comunidades, promovido pela CNBB em documento tão amplamente estudado.

 

 

 

Houve leitura

 

Despedida de Pe. Mário Missiato

No dia 29 de junho, representantes das quatro comunidades pertencentes à Paróquia (Jesus de Nazaré, Nossa Senhora de Nazaré, Santo Antônio  e São João Batista) participaram da missa de despedida do Padre Mario Missiato, que foi pároco nos últimos 5 anos (2012 – 2017).

 

Sobre o novo pároco

Padre Daniel Curnis nasceu na Itália, em 22 de fevereiro de 1954, em Alzano Lombardo, província de Bergamo, na região da Lombardia. Sua formação teológica deu-se no Seminário do PIME em Monza e em 1979 foi ordenado Padre missionário do Pontifício Instituto das Missões Exteriores (PIME). Foi destituído em Treviso, servindo no Seminário Menor do PIME, até ser designado por seus Superiores para o Brasil.

Só no Brasil, Padre Daniel já dedicou 33 anos de vida sacerdotal, quer seja na gestão das paróquias ou indo além do território paroquial, no serviço de Animação Missionária, ajudando as Dioceses nas quais serviu a se abrirem para a universalidade, para uma verdadeira reflexão missionária, saindo de fato em missão fazendo com que a mensagem de Jesus seja conhecida no mundo inteiro. Sempre considerando a principal meta do PIME que é ajudar as paróquias a entenderem o sentido do seu papel missionário.

Chegou em Macapá (AP) em 1984 para exercer sua missionariedade na Paróquia São Benedito, posteriormente foi chamado por Dom Luiz Soares Vieira, Bispo de Macapá para assumir como Pároco na Paróquia Sagrado Coração de Jesus. Sua outra missão foi no município de Amapá (AP), na Paróquia Divino Espírito Santo.

Em 1998 foi transferido para Belém (PA) para atuar como Animador Missionário. Em 2002, a convite de Dom João Risatti assumiu a função de Reitor do Seminário Teológico de São José que apesar de estar em Belém, pertence a Diocese de Macapá.

Voltou para o Amapá em 2005 para servir na Paróquia Santo Antônio de Laranjal do Jari na Vila do Laranjal do Jari, as margens do Rio Jari. No final de 2011 foi transferido para servir no município de Santana na Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santa Ana.

Em 2013 voltou para Belém onde deu continuidade ao trabalho implantando a Paróquia Santa Maria de Belém no bairro de Terra Firme e atuando sempre como Animador Missionário.

De comum acordo com os seus Superiores, a partir de 2 de julho de 2017 servirá como Pároco da Igreja Nossa Senhora de Nazaré, numa celebração presidida por Dom Sérgio Eduardo Castriani, Arcebispo Metropolitano de Manaus.

* histórico do pároco cedido pela Pastoral da Comunicação da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré

 

Confira as fotos!

 

 

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz