Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Área Missionária N. Sra. da Amazônia celebra o envio de 22 Ministros do Culto da Palavra e da Eucaristia

A Área Missionária Nossa Senhora da Amazônia, situada na Rua Cerina Souto – Conjunto Alphaville, Ponta Negra, celebrou na manha deste domingo (25/06), o envio de 12 Ministros do Culto da Palavra e 10 Ministros da Eucaristia. A celebração foi presidida pelo arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani e concelebrada pelo  pároco, Pe. Reneu Stefanello, contando com a presença de familiares e amigos dos leigos que vieram receber seu primeiro envio ou fazer a sua renovação.

Com suas características próprias, misturando o regional com o moderno, a igreja de N. Sra. da Amazônia chama atenção pela sua arquitetura diferenciada e pela beleza da sua localização, cercada literalmente pela natureza e verde por todos os lados. Um cenário ideal que faz jus ao nome da igreja na qual, após uma caminhada de meses, os ministros finalmente receberam seu envio e alguns, o reenvio. “Celebração muito bonita e emocionante, com um evangelho apropriado que nos convida a não ter medo do serviço e de se colocar a disposição de Jesus e do Reino de Deus”, comentou Socorro Cavalcante, ministra da Eucaristia.

Durante a homilia, Dom Sergio fez um resumo das leituras do dia e comentou a respeito da coragem e da importância que tem o ministro dentro da Igreja. “Vocês perderam o medo e tiveram coragem de assumir o ministério, pois ser ministro é ser uma pessoa pública, ser testemunha da fidelidade de Jesus Cristo, ser servidores de Deus e da Palavra que é a coisa mais importante da nossa fé”, disse o Arcebispo. Após esse momento, Pe. Reneu pediu para que os candidatos à ministros se postassem de pé para receberem a benção do envio pelas mãos de Dom Sergio.

Foi notório a presença de jovens no meio dos novos ministros enviados, segundo o pároco, essa é a tendência, pois se queremos uma igreja jovem, temos que dar vez aos jovens de assumir responsabilidades. “A partir do Concílio Vaticano II, a igreja passou a ser toda ministerial, por isso estamos caminhando para que cada vez mais a igreja seja aberta e administrada pelos leigos, que na falta de sacerdotes assumirão as tarefas. Isso aqui foi a manifestação de um projeto que a gente tem há algum tempo, de ser essa presença para a igreja de Manaus, colocando gente jovem na missão, para que a igreja se renove e também seja jovem”, explicou Pe. Reneu.

Maíra Pizzetti, é um exemplo desse reforço jovem comentado pelo Pe. Reneu. Com apenas 21 anos, a jovem recém enviada não esconde a alegria e vem com todo o gás para dar o seu melhor dentro da igreja. “Nós fizemos seis meses de preparação e para nós esse é um momento muito significativo, receber esse chamado da igreja, pois o próprio Papa nos fala que nós temos que fazer com que a igreja tenha esse rosto jovem e é muito bom ver a juventude vindo para a igreja, querendo realmente testemunhar a sua fé diante das pessoas. Tenho certeza que o ‘sim’ que estamos dando ao chamado é muito importante porque a igreja precisa de muito mais pessoas para continuar a caminhada”, disse a ministra do Culto da Palavra.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz