Festa de Pentecostes reúne cerca de 100mil fiéis e é palco para o lançamento oficial da Rádio Rio Mar FM

Foram meses de organização e planejamento para o grande evento da Igreja Católica, a 21ª edição da festa de Pentecostes, que mobilizou centenas de pessoas, entre leigos e religiosos, para a sua realização. O evento reuniu cerca de 100mil pessoas no Centro de Convenções de Manaus – Sambódromo, neste último domingo (4/6), e deixou marcado no coração de muitos os momentos de muita emoção e fé. E foi realmente o que aconteceu, esse ano, a celebração da vinda do Espírito Santo, teve por tema “Vem Espírito Santo com Maria, cuidar da Amazônia!”, também marcou o lançamento oficial da nova rádio Rio Mar, agora FM em 103,5MHz e os 30 anos da Pastoral da Criança.

A programação começou no início da tarde, às14h, logo que os portões foram liberados os fiéis começaram a chegar, em pequenos grupos ou em grandes caravanas com ônibus fretados das paróquias de Manaus e até mesmo de outros municípios como Presidente Figueiredo e Manaquiri. Enquanto os participantes iam se arrumando nas arquibancadas, colocando suas faixas que designavam sua paróquia ou setor de origem, no palco a banda cristã Forró do Céu fazia o acolhimento e a animação, dando as boas vindas junto com o padre Amarildo, que fez as honras de apresentador antes do início oficial do evento.

Por volta das 17h, padre Charles Cunha, realizou junto com o público, a contagem regressiva para lançamento oficial da Rádio Rio Mar FM, na frequência 103,5 , onde todos puderam acompanhar pelos telões alguns depoimentos de funcionários e colaboradores a respeito das novidades que a nova rádio está trazendo ao público, com sua programação envolvendo música, informação, entretenimento, mas sem esquecer o lado religioso da evangelização, principal característica da Rádio Rio Mar. “É uma alegria muito grande para todos nós sentir que, no dia de hoje, a nossa FM chegou”, disse padre Charles.

Após esse momento, já com o Sambódromo praticamente lotado, a solenidade de Pentecostes iniciou com o acendimento do Círio Pascal e a procissão de entrada dos Jovens da Pastoral da Juventude (PJ) do Setor Padre Ruggero Ruvoletto, apresentando uma coreografia com mudas de plantas para mostrar a importância do cuidado com a Amazônia. Em seguida, foi realizada a entrada de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Amazonas, tendo à frente representantes da Pastoral da Criança de todos os setores da Arquidiocese, como forma de homenagem a essa pastoral que há 30 anos vem salvando vidas.

Na sequência os seminaristas, ministros, diáconos, padres e bispos fizeram a procissão de entrada sendo recebidos com uma salva de palmas e muita alegria pelos fiéis que lotaram as oito arquibancadas do Centro de Convenções. Após a bênção inicial realizada por Dom Sergio Castriani, Arcebispo Metropolitano de Manaus, todos foram convidados a cantar os parabéns a Dom Luiz Soares Vieira, bispo emérito que durante 21 anos atuou como arcebispo de Manaus, que no último dia 2 de maio, completou 80 anos de vida. Na sequência, Dom José Albuquerque, bispo auxiliar, realizou a bênção da água e o rito da aspersão.

Outro momento marcante da celebração foi durante a oração do Espírito Santo, quando todos os presentes, acenderam suas velas e luzes do celular cantando e rezando em comunhão, deixando o Sambódromo completamente iluminado com a participação dos fiéis. “São muitas sensações ao mesmo tempo, é um momento muito lindo da nossa Igreja e sem dúvida o Pentecostes nos fortalece muito”, comentou Rozana Oliveira, coordenadora de Catequese da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe.

Durante a homilia, cerca de 100 mil católicos presentes, fizeram absoluto silêncio para ouvir as palavras de Dom Tadeu Canavarro, bispo auxiliar de Manaus. “Nós somos filhos de Deus e todos somos conduzidos pelo Espírito Santo que nos ensina o caminho, nos recorda e nos explica as palavras de Jesus. O dia de Pentecostes, quando os discípulos ficaram cheios de Espírito Santo, foi o batismo da Igreja e desde o início havia Maria, nossa mãe, que meditava sobre todas as coisas em seu coração. Por isso, com toda a igreja, invoquemos: Vem Espírito Santo, com Maria cuidar da Amazônia”, finalizou Dom Tadeu.

Ao final da solenidade, Dom Sergio realizou o rito de apagar o Círio Pascal e deu a benção a todos os presentes. Mas a festa não finalizou por aí, após a celebração, padre Charles convidou a todos a prestigiarem o show com grupos de músicas católicas e regionais, fazendo a alegria do povo de Deus até as 22h. “Foi uma festa muito participativa e criativa, mostrando o tema da Campanha da Fraternidade de forma bem interessante. Nós sentimos a união de todos os setores, cada um demonstrando que tem um papel importante para essa celebração, a arquidiocese e todos os demais envolvidos estão de parabéns”, comentou Ana Rita, da Comunidade Santo Antônio, Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários