Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Coletiva de imprensa apresenta Campanha da Fraternidade 2017 sobre biomas brasileiros e defesa da vida

 

Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” é o tema da Campanha da Fraternidade de 2017, momento no qual toda a Igreja vai promover reflexões sobre a nossa relação com a criação, despertando para o cuidado e preservação da natureza como nos pede o Papa Francisco na Encíclica Laudato Si. Para apresentar a proposta da campanha e a programação de abertura que acontecerá no dia 1 de março, no mesmo momento em que se inicia a Quaresma, foi realizado no Centro de Formação da Arquidiocese (Cefam) – Sala da Coordenação de Pastoral, uma coletiva de imprensa que reuniu nove veículos de comunicação de Manaus.

Na ocasião, Dom Sérgio Castriani e Padre Geraldo Bendaham explicaram a importância do tema proposto que nos faz repensar a forma como estamos cuidando de nossa casa comum, alertando para a crise ecológica e necessidade de lutar pela preservação da natureza, dos animais e dos povos tradicionais, os poucos que ainda não foram dizimados.

Padre Geraldo destacou que o tema foi escolhido pelos bispos da CNBB deu-se de acordo com um estudo do contexto atual, que nos mostra a destruição da natureza, extinção de espécies e extermínio de povos tradicionais. “Cuidar dos biomas é também cuidar das pessoas, dos ribeirinhos, dos indígenas, cuidar da preservação. Na Arquidiocese de Manaus já ocorreram estudos do texto base, no auditório do Dom Bosco, com quase mil pessoas, que são os multiplicadores e nos nosso setores estão ocorrendo vários encontros onde se vai aprofundando a temática e depois temos encontros com as famílias, que chamamos de novenas em famílias, com encontro nas casas para rezar e refletir o tema, além do material que levamos para as nossas escolas católicas. O tema não é da igreja, mas envolve toda a sociedade e os órgãos que trabalham com o meio ambiente que são convidados a amenizar a dor e o sofrimento da natureza e sobretudo das pessoas”, explicou padre Geraldo.

Dom Sérgio afirmou que, de acordo com dados científicos, se não mudarmos caminharemos para a destruição, sendo nossa atual preocupação a luta, com “unhas e dentes” para proteger a nossa casa comum, atendendo os apelos do Papa, através da encíclica Laudato Si, para cuidarmos da casa comum.

Por fim, pe. Geraldo falou sobre a abertura da campanha que vai ocorrer no dia 1 de março, no Parque Municipal do Mindu, às 9h da manhã. Segundo ele, o lugar representa uma reserva ecológica belíssima em meio à área urbana, porém, por ela corre um igarapé poluído e às suas margens, um grupo de jovens fará uma peça teatral lamentando o descuido com a natureza e por fim será feita uma celebração de perdão pela contínua destruição de nossa fauna e flora.
Atenderam o convite da Assessoria de Comunicação da Arquidiocese para esta coletiva Rádio Rio Mar,
Rádio CBN Amazônia, TV Amazonas, TV Band AM, TV Cultura, Jornal ACrítica, TV Em Tempo, Jornal do Commércio, Amazon Sat.

Agradecemos pela presença e apoio na divulgação deste momento importante em que a Igreja busca a conversão, mudança de agir com a criação, sempre em defesa da vida.

 

 

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz