Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom Sergio celebra missa de ação de graças pelos 25 anos de vida religiosa de freis franciscanos

Na noite desde sábado (18/02), o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sergio Eduardo Castriani, presidiu a missa de ação de graças pelos 25 anos de vida religiosa de freis franciscanos. A solenidade aconteceu na noite de ontem na Paróquia Nossa Senhora das Mercês, localizada no conjunto eldorado, próximo da praça do caranguejo e contou com a presença de religiosos e amigos que compareceram para prestigiar a renovação dos votos de Frei Flávio Freitas (OFM) e Gilberto Ferreira (OFM).

Para Dom Sergio, escolher o caminho da vida religiosa é escolher a perfeição divina, amar a todos sem exceção, igual como fez São Francisco, modelo de perfeição humana e talvez o homem que mais se aproximou a Jesus por sua bondade com o irmão. “Seguir o evangelho é muito dificil, pois exige amar a cada um pelo aquilo que são independente de situação, esse é nosso desafio e nossa missão como párocos, por isso estamos aqui, comemorando 25 anos de vida religiosa, que representa a perfeição divina, perfeito na castidade, na obediencia e na pobreza”, disse o arcebispo durante a sua homilia.

Depois de renovadas as profissoes, Frei Flávio muito feliz e emocionado, lembrou do inicio de sua caminhada cristã. “O lema da nossa profissão religiosa há 25 anos foi: ‘Para servir e seguir-te, deixamos tudo Senhor’. E, depois de depois de tantos anos, nós percebemos o quanto de coisas a gente deixou para trás, mas recebemos muito e muito mais, e hoje somos gratos a Deus por todas as amizades, bênçãos e pontes que construímos durante o nosso tempo de consagração e o que mais peço a Deus é a fidelidade, é conseguir cumprir com aquilo que professei como Franciscano Conventual”.

Após a celebração, formou-se a tradicional fila dos abraços onde os paroquianos puderam demonstrar todo seu carinho pelos freis e depois todos foram convidados a participar de um jantar organizado pela comunidade. “Minha gratidão é muito grande a cada um dos paroquianos que vieram, seja de N. S. das Mercês, seja da Área Missionária de São Maximiliano Kolbe e peço para que rezem por nós, para que possamos perseverar sempre, pois vale muito a pena seguir a Deus na vocação franciscana”, comentou frei Flávio.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz