Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Seminário de Preparação da CF – 2017, encerra com 100% de aproveitamento dos participantes

Durante os dias 8, 9 e 10 de fevereiro, aconteceu no auditório da Faculdade Salesiana Dom Bosco, o Seminário de Preparação da Campanha da Fraternidade (CF) 2017, que esse ano traz como tema: Os biomas brasileiros e defesa da vida, que teve como palestrante o Assessor Nacional da CNBB, senhor Antônio Evangelista (Toinho), vindo diretamente de Hortolândia (SP). Ao todo, uma média de 600 pessoas compareceram em cada um dos três dias, em que foi estudado o assunto no âmbito do VER, JULGAR e AGIR.

Na noite desta sexta-feira foi realizada o encerramento do evento, tendo como foco principal o AGIR, onde foi realizado dinâmicas pelo palestrante com a participação do público; a presença da Cáritas, apresentando projetos de acompanhamento às comunidades ribeirinhas, com a presença do senhor Francisco Mateus, da comunidade de São Francisco, da Área Missionária Mãe dos Pobres, no bairro do Puraquequara.

Para finalizar, o professor Nilo Praxedes que fez uma síntese sobre, o AGIR da CF, com a carta compromisso assumida nos seminários da REPAM que estão sendo realizados no Regional Norte 1 em consonância com os compromissos assumidos pelas diretrizes do Regional Norte 1. Ao final, padre Geraldo agradeceu a presença de todos e junto com o palestrante Toinho, reforçou a importância de se cuidar dos biomas brasileiros.

De acordo com Toinho, a participação do público ficou acima das expectativas, pois houve respostas muito valiosas e significativas, com base no que foi abordado pelo palestrante, que foi em cima do cuidado com a casa comum e a defesa da vida, observando os apelos do Papa Francisco com a ecologia integral e colocando em prática com dinâmicas voltadas para iniciativas que já estão em curso.

“Para mim foi uma alegria imensa estar com o povo aqui de Manaus. Tentei sensibilizar na importância de cuidar da obra de Deus, na condição de imagem e semelhança do Pai. Deixo aqui meu pedido de conversão a todos os homens e mulheres, para cuidar da casa comum, quem já vive a dimensão pastoral na vida da igreja, que se mantenha nessa perspectiva e sejam multiplicadores para que outras pessoas se convertam para e saibam cuidar dos biomas brasileiros, sobretudo do bioma amazônico, com suas riquezas e diversidades”, comentou Toinho.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz