Irmãs da Rede Um Grito pela Vida se reunem com Presidente do STJ

A Rede Um Grito pela vida através das Irmãs Eurides Alves, Roselei Bertoldo e Valmi Bohn participaram nesta sexta-feira (3/2) do ato-audiência com o Presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) do Amazonas, Dr. Flávio Pascareli, para a entrega da nota de repudio e contestação do caso Adail Pinheiro que teve o apoio de várias organizações de defesa dos Direitos Humanos, da infância e das mulheres. O Presidente do STJ recebeu o grupo e se comprometeu de fazer os devidos encaminhamentos, desde que o MP do Estado entre com o pedido de revisão do laudo.

A nota, redigida pela União Brasileira de Mulheres (UBM), além de expressar veemente o rechaço da sociedade civil sobre esta injusta decisão de abonar a pena do Adair Pinheiro e pedir sua revogação, aborda a gravidade da realidade de exploração sexual no Amazonas. Além do Caso Adail, foi pauta também o diálogo com a vara especializada da infância que, na opinião do Presidente, estava na lista para ser extinta, mas graças as argumentações do grupo conseguiram evitar este retrocesso.

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários