Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Arquidiocese acolhe seu novo bispo auxiliar com missa solene na Catedral

Diáconos, padres, religiosos e religiosas e representantes paróquias, áreas missionárias, grupos, comunidades, movimentos e pastorais da Arquidiocese de Manaus estiveram presentes na manhã do dia 18 de dezembro, na Catedral Metropolitana de Manaus, para participar da missa de acolhida de Dom Edmilson Tadeu Canavarros, novo bispo auxiliar. Após ser acolhido pelo Arcebispo Dom Sérgio Castriani, Dom Tadeu assumiu a presidência da celebração, sendo esta a sua primeira missa na Arquidiocese.

“Muito me alegra estar nesse novo lar, nessa nova casa. Muito obrigado pela presença de cada um e cada uma, sobretudo dos nossos sacerdotes que formam essa Arquidiocese. Me coloco sempre a disposição para ajudá-los e cada vez mais juntos crescermos”, disse emocionado Dom Tadeu (como esta sendo chamado), em seu primeiro discurso oficial como bispo auxiliar da Arquidiocese de Manaus.

E sem dúvida foi uma celebração que emocionou a todos que estavam ansiosos para conhecer o novo pastor que, com seu jeito simples de falar, sempre com um sorriso no rosto, foi muito prestativo com os fiéis que no fim da celebração fizeram questão de prestar homenagem com muito carinho e calor humano, fazendo jus às palavras de Dom José em seu discurso de boas vindas. “Estamos muito felizes com a sua vinda e com a sua chegada, somos gratos ao seu sim generoso e corajoso de vir ajudar a cuidar do nosso rebanho, seja bem vindo à nossa arquidiocese. Tenho certeza que você será muito bem acolhido e querido por todos que estão lhe aguardando desde outubro (quando foi anunciada a nomeação dele para ser bispo auxiliar de Manaus”, comentou Dom José.

Visivelmente feliz e emocionado, porém sem perder a serenidade e o jeito calmo ao falar, Dom Tadeu fez seus agradecimentos finais, salientando os três pilares no qual pretende dar um foco maior. “Quero caminhar junto com vocês, somar com vocês e dar essa minha contribuição, sobretudo junto com os sacerdotes, pois é essa união que constrói a igreja. Outra realidade que pretendemos trabalhar é junto às famílias, pois é das famílias que nasce as vocações para o sacerdócio, para a vida consagrada. Outra questão é a juventude, pois como pastores cabe a nós acompanhar os jovens no caminho da fé, para mostrar Jesus Cristo e de fato essa fé possa realmente dar frutos. No mais, agradeço de coração por esta acolhida feita por esse povo querido”, disse Dom Tadeu.

A celebração eucarística também foi em ação de graças pelo dia internacional do migrante que contou com a presença de muitos que migraram de outros países que abrilhantaram a missa solene com cantos e participação na liturgia. Além disso, a santa missa também marca o inicio da quarta semana do advento.

 

 

1482097813591

 

1482098083483



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz