Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Ano Mariano

No dia 12 de outubro teve início no Brasil, por iniciativa da CNBB, um ano mariano. O objetivo é celebrar o terceiro centenário do encontro da imagem da Imaculada Conceição que ficou conhecida como Nossa Senhora Aparecida e veio a ser declarada a padroeira do Brasil. Para nossa Arquidiocese este dia será lembrado pela publicação da escolha de um novo bispo auxiliar, Dom Tadeu. Foi para nós um presente de Deus, recebido no dia da padroeira de nosso país. Ela que é a Rainha dos Apóstolos, nos deu mais um sucessor deles para servir a nossa Igreja. Ele será ordenado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no dia 12 de dezembro quando a Igreja na América Latina celebra Nossa Senhora de Guadalupe, sua padroeira. O novo bispo começa seu ministério numa perspectiva mariana de restaurar tudo em Cristo, com ela, seguindo seu exemplo e contando com sua maternal proteção.

Em Manaus daremos início ao ano mariano no dia 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição. Padroeira do Amazonas e da Arquidiocese. Ela leva às ruas uma multidão que exprime todo o carinho do povo pela mãe de Jesus. Mulher livre do pecado ela é a imagem da nova criatura em Cristo. Olhamos para ela como modelo de humanidade redimida e escolhida para a missão de evangelizar na força do Espírito. E escutamos dela, a ordem de fazer tudo o que Jesus nos disser, como naquela festa de Cana da Galileia quando Jesus salvou do fracasso a festa dos pobres. Nós pedimos a ela que interceda ao seu Filho por nós, pela nossa sociedade, pela nossa igreja, para que nunca falte entre nós o vinho da amizade, da partilha, da justiça, do respeito pelos direitos humanos. Que a tristeza provocada pela corrupção, pela idolatria do dinheiro e do mercado, pela exploração e abuso de menores, pela violência contra as mulheres, pelo tráfico de pessoas seja banida do nosso coração e se transforme em um grito pela vida.

As comunidades, paróquias e áreas missionárias certamente terão muitas atividades que expressarão a devoção à Virgem Maria neste ano a ela consagrado. Como Arquidiocese queremos realizar em primeiro lugar um Simpósio sobre o lugar de Maria na Igreja e na história da salvação. Para tanto, estamos tentando trazer para Manaus teólogos e teólogas renomados que nos coloquem a par do que houver de melhor no campo da mariologia. Nossa relação com a mãe de Jesus é bem mais que uma devoção. Nossa fé católica é visceralmente mariana.

Queremos visitar os lugares marianos de nossa cidade. Pediremos à Pastoral do Turismo que organize uma visita guiada pelos lugares de culto onde se venera Nossa Senhora. Lugares históricos como a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, lugar marcante na história da cidade. O roteiro não poderá deixar fora os dois santuários marianos de Manaus, Fátima e Aparecida. O primeiro mais discreto, o segundo atraindo multidões todas as terças-feiras para a novena em honra de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Temos também duas paróquias de Nossa Senhora das Graças, temos Guadalupe e Lourdes. E se for possível organizaremos uma romaria oficial até o Santuário de Aparecida, em São Paulo. Mais singelamente rezaremos o terço contemplando os mistérios da salvação que tiveram a sua participação.

ARTIGO DE D. SÉRGIO EDUARDO CASTRIANI – Arcebispo Metropolitano de Manaus
JORNAL: EM TEMPO
Data de Publicação: 04.12.2016


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz