Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Missa campal celebra o dia dos fiéis defuntos e reune cerca de 6mil pessoas

Aproximadamente 6 mil pessoas participaram da missa campal realizada em frente ao cemitério Municipal São João Batista, localizado à avenida Boulevard Álvaro Maia, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul. A missa campal já é uma tradição e encerra uma série de missas presididas por vários padres no decorrer dessa quarta-feira (2/10), em alguns cemitérios de Manaus (Santa Helena, São Francisco, Parque de Manaus) para celebrar o dia dos fiéis defuntos e homenagear os entes queridos que partiram e deixaram saudades.

 

A celebração começou por volta das 18h e foi presidida pelo bispo auxiliar, Dom José Albuquerque, que concelebrou com os padres Antônio, Pedro, Mário e Frei Manoel, além do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, que, mesmo se recuperando de uma cirurgia recente, fez questão de se fazer presente, sendo recepcionado com muito carinho pelos fiéis que foram saudá-lo. “Finados é dia de saudade, de lembrar dos amigos e parentes falecidos, mas também é dia de esperança, de professar a nossa fé e crer na ressurreição de Jesus”, comentou o arcebispo.

 

Durante a sua homilia, Dom José falou para uma multidão que lhe observava com atenção, sobre a importância de se praticar o bem e ser solidário. “Hoje é um dia de se fazer memória por aqueles que se foram na frente e que continuamos a amar mesmo depois da sua morte, porém nós também vamos passar por essa experiência um dia, pois somos os peregrinos que caminham de volta para Deus e somos chamados a defender a vida e, onde tiver miséria e injustiça, que a gente possa ser solidário para que possamos carregar a cruz uns dos outros”, afirmou Dom José.

 

Apesar de ser uma missa para se lembrar e homenagear os mortos, não houve clima de tristeza e, seja sentado nas cadeiras, na beira da calçada ou até mesmo em cima da sepultura por dentro do cemitério, os fiéis participaram com muito fervor e ao final, voltaram para casa com a fé em Cristo renovada. “Ano passado a celebração foi bonita, mas esse ano superou. Muito bem organizada, muita gente feliz e com a fé renovada. Achei maravilhoso e gostei demais”, disse Ocenir Jenninges.

 

Para Lucionete Ramalho, da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, uma das lições que tirou da missa, foi que a misericórdia e as boas ações são os “pré-requisitos” para se entrar no reino de Deus. “O sentido da vida só tem a partir da morte, acreditamos que esse seja o sinal da nossa fé e a vida eterna nos espera e essa certeza nós temos que praticá-la a cada dia, através da misericórdia e das boas ações, para que nós possamos entrar no reino de Deus glorificados”, comentou.

montagem-missa-finados



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz