Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Seminaristas realizam missão no Careiro da Várzea  e no Manôa/Manaus

Sob o tema “Cuidar da nossa casa comum é nossa missão” e o lema “E Deus viu que tudo era muito bom”, os seminaristas da Teologia estiveram de 10 a 16 de outubro em missão no Careiro da Várzea, nas áreas do Miriti e Cumã, região que pertence à Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, cujo o pároco é o padre Eulálio. Já os que estão cursando Filosofia, devido a dinâmica dos estudos, fizeram missão na Área Missionária Santa Mônica, no bairro Manoa, nos dias 14 e 16, trabalhando o anúncio da vocação, um foco demando pelo pároco pe. Claudio que viu a necessidade de de estimular as vocações.

Participaram seminaristas, leigos, diáconos permanentes, religiosas e membros da Sociedade das Missões Estrangeiras (SME). Esta é a quarta edição da semana missionária e o envio aconteceu na manhã do dia 10, com missa presidida por Dom José Albuquerque. Foi promovida pelo Conselho Missionário de Seminaristas (Comise) que está no Seminário São José, em parceria com o Instituto de Teologia, Pastoral e Ensino Superior da Amazônia (Itepes). As atividades programadas estão mais em viver e conviver com o povo de Deus e ser presença de Deus no meio das pessoas e através disso sentir a realidade de cada comunidade e aprender com elas, além de visitar d celebrar com elas.

Segundo Paulo Araújo, coordenador do Comise, o objetivo central é fazer com que todos os participantes assumam a dinâmica missionária e compreendam que a igreja é por natureza missionária, logo somos todos discípulos  missionários de Jesus Cristo, movidos pelo Espírito Santo. O mais importante é proporcionar aos participantes um novo olhar da prática missionária, a fim de que cresçam, principalmente nos futuros presbíteros,  um novo olhar sobre a prática pastoral missionária, ao tocar a realidade do povo, indo ao encontro das pessoas. “O que a gente espera é que cresça em nós o ardor missionário para que possamos no serviço ao povo de Deus agir com caridade pastoral, olhando a realidade do nosso povo e ao conviver com ele, possamos nós crescer no amor à missão e abraçar essa proposta que é de Jesus”, afirmou.

 

Carlos Antônio Carioca, seminarista da Diocese de Roraima cursando o segundo ano de Filosofia, ao falar da experiência vivida na missão realizada na Área Missionária Santa Mônica afirmou ser uma grande felicidade ver a expressão da fé e superação das dificuldades. “Estou muito feliz com o testemunho de vida das comunidades por onde passamos. Tenho certeza que cada seminarista viveu intensamente aquele encontro com Cristo e entendeu o chamado que ele faz a cada um.  Que essa experiência do encontro e da partilha faça com que cada um, renovados e fortalecidos, possam seguir em frente superando todas as dificuldades e problemas”, declarou.

 

Alef Braga Pinto, seminarista da Prelazia de Tefé, cursando o primeiro ano de Teologia, descreveu sua experiência com muita gratidão pelo enriquecimento formativo e missionário vivido. “Fomos enviados à Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Careiro da Várzea, eu particularmente estive na Comunidade de Santana, destaco três pontos marcantes. A primeira foi a forte experiência quanto à proximidade com a realidade local; a experiência de encontro com as pessoas, com as situações familiares , de vida, de saúde, de desemprego;  além da experiência forte de animação missionária de comunidade de batizados  e  encontramos outros enviados que vivem a vocação missionária em sua comunidade. Foi uma experiência  muito enriquecedora para o processo formativo, mas também para a animação missionária daquela comunidade que nos recebeu. Retorno com um forte sentimento de agradecimento a Deus e às comunidades que acolheram os seminaristas”, concluiu.



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz