Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom Sérgio celebra rito de consagração do altar da Comunidade Santo Expedito

O arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, presidiu na noite desta última terça-feira (11/10), uma celebração toda especial na Área Missionária Menino Jesus, onde realizou a consagração do altar da igreja da Comunidade Santo Expedito, localizada na rua vinca, 37, bairro do Crespo. Concelebrando estiveram pároco Alexsandro Vieira e o padre Fernando Sabino, da Capela Militar Nossa Senhora do Loreto, que juntamente com a comunidade em peso, participaram desse momento único da igreja, que a partir de agora passa ter seu altar fixo.

Segundo o pároco, o altar novo demorou cerca de dois meses para ficar pronto e é todo feito de granito carrara branco, com a imagem de um cordeiro no centro. “Nós tínhamos um altar de madeira, que era um altar digno, entretanto a igreja recomenda um altar de pedra para não ser confundido com uma simples mesa, porque Cristo é a Pedra Angular e o altar deve representar o próprio Cristo. Então nós mudamos para esse altar que é irremovível e tem uma única utilidade que é sacrifício da missa e na frente colocamos o cordeiro, para mostrar que é ali no altar que o cordeiro é imolado a cada missa”, disse o sacerdote.

De acordo com o padre Alexsandro, o rito de consagração do altar a celebração apresenta algumas sutis diferenças da missa comum. “É uma missa normal, acrescentando que logo no início houve a aspersão da água benta no povo e no altar; no lugar das preces nós cantamos a ladainha de todos os santos e logo após a homilia o arcebispo unge o altar com o óleo do Crisma; na sequência temos o rito da iluminação, acendendo as velas do altar; e as música acompanham o eixo do salmo do dia”, explicou o padre que não escondia a alegria de participar pela primeira vez da consagração de um altar.

Palavras do arcebispo

Durante a sua homilia, Dom Sérgio falou da importância de um altar dentro da igreja e todo o simbolismo que existe no rito de consagração. “O altar é Cristo, é a mesa da Palavra e principalmente a mesa do Pão. O altar é centro da igreja e simboliza Cristo, a aliança entre Deus e seu povo. É de pedra, para não sair do lugar e simbolizar a aliança eterna. É um lugar de sacrifício, de reflexão, um lugar onde o pão e o vinho se transformam no corpo e sangue de Cristo. O altar é o lugar da liberdade, da doação, da entrega de Jesus, aqui é onde foi feito todo o sacrifício para a nossa salvação, por isso é tão solene a consagração do altar”, comentou Dom Sérgio.

 

montagemaltar



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz