Arquidiocese de Manaus

Arcebispo entrega fitas a candidatos à Congregação Mariana em Manaus

A cerimônia de fitas dos candidatos ao ingresso no grupo da Congregação Mariana em Manaus – que tem como patronos a Imaculada Conceição e Santo Afonso Maria de Ligório – contou com a presença do Arcebispo Dom Sérgio Castriani, que ainda presidiu a Missa, ocorrida na Igreja São Sebastião.

 

Logo depois do cântico de hinos, Dom Sérgio concedeu sua benção às medalhas cunhadas em honra da Bem-Aventurada Virgem Maria, suplicando a Deus para aqueles que as usassem pudessem honrar e venerar o nome de Maria Santíssima, obtendo assim a graça de contar com sua intercessão.

 

Os jovens Camila Gomes, Carlete Trassi, Jackson Leite, João Marcelo, Nelson Azevedo e Paulo Victor, foram recebidos na ocasião pelo prelado, expressando o desejo de se aprofundarem nos estudos e na vivência da Congregação Mariana, com a proposta de serem admitidos nesta congregação de leigos. E assim, de joelhos, receberam a fita de aspirante (mais estreita), com a medalha, imposta a eles pelas mãos do próprio Dom Castriani.

 

O ritual seguiu da mesma forma para os candidatos Ingra Barreto, Kaio Vinícius, Marcos Antônio e Tiago Soares, que em período de discernimento, proferiram seus votos, a fim de aderir as regras e virtudes da Congregação Mariana para serem admitidos à ordem. E nisso, o bispo lhes impôs as fitas (tamanho médio) com a medalha de Nossa Senhora.

 

E finalizando, a recepção de Yandra Araújo da Silva, que se consagrou definitivamente ao serviço de Nossa Senhora na Congregação Mariana Imaculada Conceição e Santo Afonso Maria de Ligório. A jovem observou de forma rigorosa as regras da congregação para auxiliar nos serviços caritativos, edificando os próximos através da devoção, práticas de piedade e santidade de vida. E diante do arcebispo, recebeu o distintivo de congregada.

 

Segundo Dom Sérgio, pertencer a uma Congregação Mariana é fazer uma experiência de Fé intensa em meio ao tempo em que vivemos, além de ficar sob o olhar e proteção da Virgem Maria, seguindo seu exemplo de mulher que se deixa conduzir pelo Espírito Santo.

 

“Ser congregado é assumir na própria vida a espiritualidade de Maria, mãe de Jesus, que se deixou conduzir pelo Espírito Santo, sendo dócil à ação do Espírito Santo na sua vida, permitindo que o Espírito formasse em seu ventre Jesus através do seu sim. Ser congregado mariano é se permitir a vivência do Espírito de Deus, deixando que Ele conduza, aqueça e ilumine o coração. Nós nos alegramos muito pelo fato de vocês quererem se consagrar. Rezamos para que sejam felizes seguidores de Jesus, na companhia de Maria, Nossa Senhora”, disse o prelado. (LMI)

 

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Manaus


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *